What?

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

O ISN fez aniversário...

de 3 anos e já possuiu várias faces diferentes. Havia mais do que esses mas eu não os registrei nem salvei todos. Tentei organizar cronologicamente. Não estou muito certa da ordem precisa dos três primeiros.



O meu aniversário será neste domingo, então, irei mudá-lo para que ele me acompanhe nesta nova fase da minha vida. Gostaria de agradecer a todos que acompanham os meus escritos (: 
Em breve vocês irão ver o novo layout. Aguardem.

Licor de Cereja

O contato
Um leve beijo
O sabor
Mostra o porvir

Ao lamber meus lábios
Sinto o sabor único e indescritível
É doce e digno,
de ser beijado eternamente

Por isso,
No segundo ato
O ataque é incisivo
Me ponho a lamber-te

E assim
Iniciam as mordidas
E o róseo licor surge
Tornando o momento mais agradável possível

Os sensores gustativos,
foram purificados
Se assim for por longos anos
Irei amar comê-la para sempre.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Textos poéticos 01 - Sobre uma tarde bonita de um sonho azul

Percebi que a agonia me toma quando não escrevo pois é a única coisa que realmente consigo terminar mesmo que inacabado para quem lê.

Não sou interessante para você, sou interessante para mim. Isto é o que realmente importa. Não é egoísmo, é sensatez.

Tudo está tão monótono no momento. Talvez por conta desse maldito calor que assola meu pensar. Eu realmente não gosto do verão. Fica complicado ter boas ideias.

Onde está você meu estímulo de luz que se entremeia em minhas entranhas com sua imensa energia e me torna aquele ser indestrutível e forte? Onde foi que eu te perdi? Quando eu souber, talvez tudo volte ao normal.

Agora eu  quero o meu pedaço de maçã e a calda de chocolate por cima. Coloque uma fatia de bolo branco do lado deste mesmo pratinho.
Talvez chegue um dia em que eu e você
Eu e você
Possamos realmente conversar
Talvez
Nunca
Um dia
Em que
Realmente
Você
Chegue
Nem precisa dizer nada,
eu que estou falando demais.
Sempre falo demais
Difícil explicar essa mistura
De pensar que compõe meu ser
E o teu ser, o que compõe?
Atordoado em conflito
Por essa sensação indescritível
No momento vigente
Fico em meu recinto
Pensando
É mais saudável.













Iniciado em junho de 2014, refeito e finalizado em outubro de 2014.

Will and Grace

WILL: What? Do you want to lead?

GRACE: No, it's you. This is too much fun. I'm having too much fun.

WILL: What?

GRACE: It's...it's you. You're the reason it isn't working. You're the reason I'm not interested in men.


Por um breve momento
Em que a distração 
Do que eu tentava realizar me ocupou
Tive tempo de ver esse diálogo na tv
Que traduzia
Apenas.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Céu azul com nuvens cinza

Estou perdendo o fio da meada que se embolou dentro de mim
Desato os nós conforme posso, tantos são que me perdi
Queria entender o porquê de estar assim
Me afogando em devaneios que insisto em persistir

Pela análise fatal mal elaborada que fluiu
Segui um tanto com vontade que até me seduzi
Por uma gama de vontade que tivesse a produzir
Que em nada se resulta, volto de onde parti

O céu azul com nuvens cinza se traduz no que senti
Ao ver o meu desconforto
Assim morro um pouco aqui
O sol não trouxe hoje a alegria que senti

Tenho apenas mais um corpo que transmuta o refletir
De ideias e pensamentos tão explorados
Não quero mais nada tentar pois vejo para o que nasci
Fecho o ciclo e impeço outros de aqui invadir

Oh azul dos ceús!
Me traz a noite, termine este dia
Preu despertar
E renascer outra vez.


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

sábado, 11 de outubro de 2014

Dilema

É complicado quando se começa a pensar em demasia sobre o que dirá.
Afinal, o que dirá?
É complicado quando se quer preservar algo mas não sabe como cuidar.

domingo, 5 de outubro de 2014

Empilhar

                            Os livros
                                 Estão 
                                  empilhados

As sugestões
          Recomendações
        Decepções
Construções

       Estou 
empilhada
No entanto, 
estou neutra

    Descarreguei.

Platonism at Monday's

Devo dizer que me causou uma certa estranheza
O dia de tal estranheza não precisa ser mencionado
Você sabe

O corpo entrou num estágio de tensão
Por que? O que há em você que me causa isso?
Um contato no qual temos anseio e estamos por realizar?

Talvez eu retome o meu platonismo
Foi o meu período mais produtivo
E mais tranquilo
Só hoje percebo

Essa energia que nos atrai
O que pode ser?
Vou deixar florescer
O meu platonism at monday's.

Inspiração

Me falha a inspiração
Me falha a sua falta
Esta desconsideração
Faz falhar o meu apego

Na mente

O que se tem em mente
Na mente
Mente?
Estou cansada.

Me dê um abraço
Converse comigo
Vamos rir outra vez

Tenha o que quiser em mente
Mas não tente
Ser indiferente
Eu sei notar

Daí,
Nem quero o abraço
A conversa
O riso