What?

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sem Retorno

Estou chateada, a vida tá um tédio. Sinceramente o que eu gostaria mesmo é de não ter que olhar certas pessoas porque ao mesmo tempo que gosto, elas me chateiam e isso é irritante. Fora isso estou tranquila comigo mesma. Ganhei um presente de um alguém especial hoje. Foi ele quem fez. Agora já não mais estou tão chateada. Só que meu plano vai entrar em vigor. Você não quer aprender por bem, irá aprender pelo melhor!
 ;*


Foto/Picture:
Megan Fox – Modelo/Model.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Você, ele, eu

Realmente o mar da minha vida não está pra peixe. O clima está fazendo jus aos meus sentimentos e pensamentos, está tudo frio, sem cor, cinza. Eu gostaria apenas de resumir a minha existência em uma coisa só, posso até fazê-lo mas todos me recriminariam pois diriam a mim que a vida é muito além disso. Eu só gostaria de poder abraçar-te pra sempre. Não sei se poderia julgar isso como felizmente mas, eu o vejo em meu futuro. Sim. Nítido, claro e cristalino como água. Apesar de estar mal fisicamente, consigo ainda entender o que se passa aqui dentro e essa necessidade maior é você.

Eu não tenho muito a dizer sobre ele, mas, também sinto algo irrefutável, é algo que me faz bem e que me faz sentir que não estou só. Apesar de tão longe, às vezes o sinto mais perto do que você. Se formos falar de amor, é com você que está e não ele. Ele é como o amor de amigo, aquele saudável e feliz de sentir. Com você a coisa é mais intensa, é mais profusa e complexa. Coisa esta que nem mesmo eu posso explicar.

E eu estou aqui, só, descontente com a vida, doente. Sem você, sem ele, sem ninguém. Não quero ninguém perto de mim, só quero vocês ou ao menos um de vocês, isso já me ajudaria bastante. Sendo que um supriria o meu amor reprimido e oprimido, sofrido e acalentado. O outro suprimia o meu físico e me daria o vigor da vida, me mostrando o quão forte sou. Me mostrando que vale a pena viver, ambos o fazem muito bem. Mas eu só vejo razão em vocês, nada mais. Quero nossas conversas, nossas conexões, nossos abraços ternos e quentes. Vocês me mostram sempre que a vida tem uma razão maior pra ser e viver. Eu os necessito sempre, não me deixem. Eu os amo.

Texto de caráter poético e hormonal. Ele não conta a verdade absoluta mas também não a oculta.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Internet, vida, jogo

Olá a todos. Pra começo de conversa, fiquei sem Internet e por isso não pude postar. No domingo fui pra um evento chamado Anipolitan e pretendo ir ao Anibahia. Bem, quando fico sem Internet, pareço estar fora de área. Era pra ter manutenção do aparelho mas, cheguei atrasada. Então decidi caminhar até o colégio pra consumir tempo. Chegando lá, não tinha muitas pessoas. Me sentei e fechei os olhos por breves momentos. Estava organizando os pensamentos. Ajudou bastante.
Ah sim, no começo de 2009 eu estava escrevendo um livro só que parei. Agora que encontrei o manuscrito, vou retomá-lo. E decidi voltar a jogar GunBound. Era muito divertido ver meu primo rir com os amigos dele. Se quiser jogar comigo, está convidado!
E percebi que quando estou jogando, consigo me dedicar melhor aos estudos do que quando estou no facebook! LOL

obs: comece a jogar GB do nível iniciante u.u

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Tranquilidade, inquietude, música

Meu dia começou muito normal. Tive uma boa noite de sono e fui pro colégio. Durante o caminho até o mesmo, enquanto estive no ônibus, tinha uma criança com problemas mentais, a mesma encontrava-se irrequieta. Então, tentei fazer contato visual com a mesma, obtive sucesso. Falei mentalmente pra ela que a compreendia, que estava tudo bem, que ela se acalmasse. Eu não sei se ela chegou a ouvir, e é claro que não... mas, acredito que ela pode entender que eu quis passar paz pra ela. Me senti muito bem depois que fiz isso. Em seguida sua acompanhante saltou com ela e foi-se;
Em seguida me encontro num lugar onde tudo parecia igual, e realmente era. Mas hoje um amigo meu estava muito triste. Precisei dar apoio pra ele. E tentei ser o mais coerente possível. Tentei. Isso é importante. Quando você tenta ser coerente ao ajudar alguém, não está pesando o fato do que você acredita mas do que ele também pensa. Você pode opinar, sugerir, mas, nessas horas é necessário deixá-lo pensar. É um momento onde ele necessita de  apoio, não de um julgador. E um dos nossos maiores erros é esse. Somos julgadores, e isso não é bom pra quem quer manter boas amizades. Vim pra casa, pensando que fiz um bem a duas pessoas. E pessoas de situações totalmente diferentes.
Ah sim, hoje eu fiz uma música nova. Eu realmente fico muito bem depois de fazer uma música. É uma parte de mim que se mostra e me tranquiliza. Mostrando a mim que tenho uma utilidade aqui. E ajudar pessoas, eu as compreendo e sei que posso ajudá-las. Hoje comi bolo de cenoura! E assim, é muito bom sabe? Se você nunca experimentou, deveria! É apenas uma doce sugestão é claro! :D

Trecho da minha música “Eu te Gosto”

“Confia em mim, 
se acredita em nós.
Se não gostar da gente, me diz, 
pra eu desistir.”

Eu, tu, nós

E quando você menos imagina, você descobre. Eu tive motivos reais para ter ficado chateada hoje mas em compensação eu já nem estou mais. O tempo realmente acontece num piscar de olhos. Realmente muitas coisas acontecem comigo, mas, apesar de vê-lo todo santo dia eu não consigo me cansar, é porque quando eu realmente gosto de algo, eu sempre quero mais e mais. Hoje posso dizer que tornou-se meu segundo chocolate. É porque amo chocolate. Não sei dizer ao certo se é aquele amor louco, mas é um louco amor. Gosto de você e isso me basta. Eu te compreendo, você sabe disso. O importante agora é que isso continue assim, feliz, louco, sadio e vivo. 

domingo, 9 de outubro de 2011

Manhã, tarde, atitudes

Eu não conheço muitas pessoas que gostam de acordar cedo no domingo. Eu não gosto. Ontem à noite eu estava assistindo Maria Antonieta, se não me engano, uma amiga minha havia comentando a respeito da história dela. Esse filme já tinha passado um outro dia mais cedo, mas, não assisti. O computador não deixou. É outra coisa que preciso administrar em minha vida. Eu gosto de pesquisar coisas distintas por aqui. Tem momentos que me empolgo e aprendo sobre muitas coisas. Antes eu passava o dia todo jogando Perfect World. Voltando ao domingo, eu saí com a Yô novamente, e fomos a dois lugares legais hoje, onde realmente me senti bem e feliz. Primeiro ela havia comentando sobre um grupo de dança, uma dança atípica daqui, até porque faz parte de outra cultura. Japão. Um país que tenho vontade de conhecer por sinal. E lá conheci novas pessoas, dancei e realmente estou interessada em progredir nisso. Depois fomos ao teatro e vimos O Aniversário do Chaves. E lá, me recordei mais uma vez do meu passado. Antes eu era quem ficava na coxia ao aguardo do meu momento no palco. E hoje estive na platéia. Foi estranho e novo pra mim. Só que eu senti falta daquilo e percebi que realmente gosto de teatro. Fazia desde criança. Eu vou investir nisso também. Apesar de ter acordado cedo e de não ter visto Maria Antonieta por completo eu estou bem e feliz. Descobri que tenho muitas coisas em comum com Yô.
Hoje meus pensamentos me fizeram ver que em certos momentos queremos tomar atitudes que são descabíveis com a nossa realidade. Estou com apenas algumas dores musculares, mas, nada que não melhore depois de uma boa noite de sono. Pois é meus queridos e amados jovens, às vezes, a vida nos revela surpresas tão agradáveis. Hoje não tive nenhuma, apenas mais recordações. Eu tenho uma vontade imensa de pesquisar sobre diversos mistérios que rondam a vida, mas, já pude notar que tudo vai se resumir num só. A vida é a vida. Não adianta a gente querer controlar, impedir, parar ou tentar por ordem em algo que já tem sua ordem natural. A única coisa que podemos fazer, é vivê-la, e descobrir as coisas que ela nos mostra sobre o amor, a amizade, a natureza, sendo esta humana ou não e a paz interior.
Nossa, eu tenho uma corrente, mas, como ela não é de prata, está irritando meu pescoço, que raiva! Não tem jeito, vou ter que comprar uma outra corrente pra minha estrela. Uau, escrevi mais que antes hoje, rs. Os pensamentos estão fervilhando aqui, eu adoro isso! Em falar nisso, nunca mais escrevi uma música nova. Sabe, tem um amigo muito especial pra mim, que estou realmente sentindo falta nesses dias. Ele me disse: "Estou estudando". Todo mundo estudando e eu também vou mudar essa realidade minha. É hora de agir! Todos que me conhecem e sentirem a mesma necessidade, me comuniquem, vamos nos organizar pessoal, final de ano está aí e ainda temos chaces reais e concretas! E o negócio não é pensar positivo, é fazer positivo, é tentar positivo, é acreditar positivo! O pensamento não é nada mais do que suas atitudes reprimidas em palavras soltas em sua mente. Ui, filosofei, rs. Enfim, acredito que é isso o que tenho pra dizer por agora, fiquem bem e me acompanhem se tiverem paciência, trollface! 

Memes – Trollface é um meme e pra quem não conhece, seria interessante dar uma olhada nesse site cheio de humor e alegria: www.leninja.com.br



sábado, 8 de outubro de 2011

Sábado, noite, resumo

Pois é meus jovens, hoje o dia realmente começou cedo e agora já está por findar. Bom, pra começo de conversa eu mentalizei acordar 6 da manhã, mas acredito que eu estava muito cansada pra acordar cedo. Teve um momento que eu senti estar meio a meio, mas, não conseguia levantar de jeito nenhum. Em seguida, minha mãe me chama, "São 8:00 horas!". Me levantei, arrumei tudo na pressa, aquela típica agonia de sempre e saí. Fui ao encontro de Yô. Saímos e fomos pro clube e aguardamos a Mari. Tiramos foto debaixo d'água e quando a mari me enviar, eu posto aqui pra vocês :D
Hoje eu fui a um lugar, que me fez recordar a infância e me fez lembrar bons momentos. Me senti estranha, acredito que era o sono, ou talvez fosse o efeito do sol sobre mim. Eu descobri o que foi. Havia um conflito tortuoso, interno, ninguém via, apenas eu. Eu não costumo ser agressiva, pelo contrário, sou tranquila. Só que esse conflito vem acontecendo há um certo tempo dentro de mim. Imagine duas espécies brigando por um alimento. É o que está acontecendo comigo. Há duas mulheres em mim e não sei qual das duas eu me deixo ser. Eu não posso ser apenas a intelectual porque não combina com que eu sou. Não posso ser apenas a poderosa porque eu iria contra todos os meus conceitos sobre a vida. E no fim então pensei na seguinte solução, bastante proveitosa por sinal. Serei a intelectual poderosa. E a definição disso, será em breve.


Yô – carinhosamente apelidada por mim é uma amiga minha. Ela me disse que ninguém a chamava assim. Pois é, eu crio alguns apelidos carinhosos pra alguns amigos especiais, rs.

Ps. Essa aqui vai para todos que são loucos por terem corpos perfeitos. Acordem e vejam o quanto o adobe photoshop está presente em suas vidas. Em suma, isso aqui é propaganda enganosa, isso é marketing. A quantidade é bem maior do que um Elma Chips da vida, porém a qualidade é questionável.



Daniel, músicas, sábado

Estava eu sem nada pra fazer quando digito Daniel Radcliffe no Google e encontrei um site que dizia as 5 músicas favoritas dele. E é uma playlist onde você pode adquirir no Itunes Store. Mas é lógico que eu não faria isso... Então, comecei a pesquisar e ouvir no YouTube as tais músicas. Até agora ouvi: Neighborhood #1 (Tunnels) do Arcade Fire e Man Ray do The Futureheads. Sinceramente eu adorei as duas e pretendo baixá-las! Aqui está a lista completa pra quem quiser conferir as outras.

1
Neighborhood #1 (Tunnels)
Arcade Fire
2
Man Ray
The Futureheads
3
Buddy Holly
Weezer
4
Gouge Away
Pixies
5
Me Ves y Sufres
Hope of the States

Bem, daqui há algumas horas, vou ter que acordar e me arrumar. Irei visitar uma amiga. Vamos sair para tomar um sol e curtir o dia. Vou aproveitar pra fazer o download das músicas e colocar no telefone. Eu curti o gosto do Daniel. E vocês? O que acharam das músicas? Ah propósito, um bom sábado e um ótimo domingo a todos!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Um dia triste, uma tarde chata, um alguém especial

Meus dias não tem sido tristes, não mesmo. Apenas iguais e chatos. Mas existe um alguém que o torna diferente e especial, e eu adoro isso. Nunca gostei muito da ideia de ter um blog. E quando vi a possibilidade de um vlog, o criei. Mas nem estou com paciência para tal... Precisaria ficar dedicando meu tempo em edições e além do mais, ainda não consegui minha filmadora ideal. Bem, não aguento mais algumas coisas que estão acontecendo em minha vida, eu quero coisas novas, quero mudanças. Minha natureza é assim. Por isso anseio tanto por um novo ano e por evolução. Minha "meta-mor" é passar de ano. Eu preciso me dedicar dessa vez senão estou ferrada. Sei que preciso estudar mas, sou jovem. A última coisa que os jovens desejam é estudar. Amo meu violão, ontem estava super empolgada e comecei a tocar incansavelmente! Hoje à tarde senti até uma dor no braço. Então, se vocês quiserem me acompanhar nessa nova tentativa de expressão, aqui estou eu, tentando.